buscar
‚ÄúAs mais avan√ßadas t√©cnicas de imagem para estudos de sistemas biol√≥gicos, da mol√©cula ao organismo inteiro.‚ÄĚ
‚ÄúInfraestrutura cient√≠fica √ļnica na Am√©rica Latina.‚ÄĚ
 
     
 
     
 
Miss√£o

A missão do INBEB consiste em promover a multidisciplinaridade e interdisciplinaridade, e também fazer com que áreas convencionais como biofísica, parasitologia, imunologia, bioquímica, farmacologia, química e computação tenham suas fronteiras estendidas. Isto permite uma maior interação entre grupos para solucionar diversos problemas biológicos. Poderíamos citar, como exemplos, agentes infecciosos humanos (vírus da Dengue, febre amarela, HIV/AIDS, tripanossoma, leishmanias), cujas macromoléculas alvos estão sendo estruturalmente identificadas e caracterizadas. Após a fase de caracterização estrutural, tem se buscado a avaliação deste novo alvo como candidato para o desenvolvimento racional de uma droga ou uma vacina específica.

Mecanismos ser√£o estabelecidos para que a utiliza√ß√£o da infra-estrutura √ļnica seja maximizada. Esta infra-estrutura ser√° criada por todos os participantes do projeto, e inclui os equipamentos de resson√Ęncia magn√©tica nuclear, microscopia eletr√īnica, microscopia de for√ßa at√īmica, imageamento por RMN, entre outros. Ela tamb√©m estar√° dispon√≠vel para pesquisadores do pa√≠s e do exterior, sobretudo para os do Mercosul, que estejam desenvolvendo projetos que requeiram a utiliza√ß√£o desta infra-estrutura.

O Instituto dá ênfase especial para os temas abaixo:

- ao estudo de macromol√©culas envolvidas em doen√ßas infecciosas, degenerativas e c√Ęncer;
- ao estudo de vírus importantes, como o da dengue, febre amarela, HIV, entre outros;
- ao estudo de estruturas complexas presentes em protozoários que são agentes responsáveis por doenças relevantes como as leishmanioses, a doença de Chagas, a malária e a toxoplasmose;
- acompanhamento em pequenos animais experimentais da evolu√ß√£o de infec√ß√Ķes por v√≠rus e protozo√°rios e seu comportamento em animais submetidos a quimioterapia experimental;
- estudo do comportamento in vivo de células-tronco, visando analisar sua biodistribuição, locais de fixação e seu efeito funcional em terapias celulares para doenças degenerativas.

 
     
     
   
     
2017 - Todos os direitos reservados.