buscar
‚ÄúAs mais avan√ßadas t√©cnicas de imagem para estudos de sistemas biol√≥gicos, da mol√©cula ao organismo inteiro.‚ÄĚ
‚ÄúInfraestrutura cient√≠fica √ļnica na Am√©rica Latina.‚ÄĚ
 
     
 
     
 
CENABIO II - Bioimagem de pequenos animais

Centro Nacional de Bioimagem II - Imageamento de pequenos animais

O CENABIO II foi inaugurado em maio de 2010 e re√ļne um valioso parque de equipamentos especializados para obten√ß√£o de imagens de pequenos animais. Dentre eles, uma RM 7 Tesla (da empresa Varian), √ļnica na America Latina. Tamb√©m conta com outros sofisticados equipamentos, como um detector de luminesc√™ncia e fluoresc√™ncia (IVIS-Lumina), uma plataforma de ultrassonografia (Vevo 770 e ESAOTE) e um PET/SPECT/microCT (GE-GamaM√©dica). Para auxiliar estas facilidades, a Unidade oferece uma sala de cultura celular e um FACS Aria (BD), para cultivo e marca√ß√£o de c√©lulas a serem usadas em experimentos com pequenos animais. Por fim, o CENABIO II conta com sistema automatizado para triagem de novas drogas, ‚Äúhigh content/throughput screening‚ÄĚ.

Saiba mais sobre o CENABIO II no site www.cenabio.ufrj.br/index.php/pt-BR/como-usar/unidade-2

Equipamentos:

Resson√Ęncia Magn√©tica

Modelo: 7 Tesla, 210 Bore Actively Screened Refrigerated Magnet System. Varian, Inc. NMR Systems.
Descri√ß√£o: Aparelho de resson√Ęncia magn√©tica (RM) Varian de 7.0 Tesla (T) equipado com um sistema de gradientes de alto desempenho, permitindo o estabelecimento de protocolos de aquisi√ß√£o de imagens quantitativas, funcionais e anat√īmicas de alta resolu√ß√£o de pequenos animais.
Estado atual: Em funcionamento.
Professora respons√°vel: Fernanda Tovar Moll.

 

Luminescência - Fluorescência

Modelo: IVIS Lumina System. Xenogen Corp, CA, EUA
Descri√ß√£o: Sistema de detec√ß√£o in vivo e in vitro de bioluminesc√™ncia e fluoresc√™ncia, que permite a visualiza√ß√£o de c√©lulas marcadas com enzimas (luciferase) que ativam mol√©culas luminescentes, como a luciferina, ou com mol√©cula fluorescente tal como GFP (‚ÄúGreen fluorescence protein‚ÄĚ). A marca√ß√£o de pat√≥genos ou c√©lulas permite seguir o trajeto destes quando injetados em animais inteiros. Isto permite um maior aproveitamento de nossos animais, diminuindo o n√ļmero de uso dos mesmos.
Estado atual: Em funcionamento parcial, sem detecção de fluorescência.
Professor respons√°vel: Emiliano Medei.

 

Ultrassom

Modelos:

Aparelho I: Vevo 770-120. Visual Sonics, Toronto, Canad√°.
Aparelho II: MyLab¬ģ 30 CV. Biosound Esaote, Inc. USA.
Aparelho III: Caris Plus. Biosound Esaote, Inc. USA.
Descri√ß√£o: Os Aparelhos dispon√≠veis de ultrassom s√£o especialmente desenhados para obter imagens de pequenos animais. Um deles (VisualSonics) obtem imagens em alta resolu√ß√£o e tamb√©m pode ser utilizado para realizar micro-inje√ß√Ķes em √≥rg√£os internos. A resolu√ß√£o do equipamento permite a visualiza√ß√£o de estruturas separadas por at√© 30 mm. Ainda, √© poss√≠vel mensurar o fluxo sang√ľ√≠neo usando o efeito Doppler. Com estes equipamentos √© poss√≠vel visualizar o desenvolvimento embrion√°rio de camundongos, podendo observar o cora√ß√£o, f√≠gado, rins, dentre outros.
Estado atual: Em pleno funcionamento.
Professor respons√°vel: Emiliano Medei.

 

PET/SEPCT/CT para pequenos animais

Modelo: Triumph¬ģ II ‚Äď PET/SPECT/CT System, GE.
Descri√ß√£o: Este equipamento de imagem em medicina nuclear √© capaz de gerar imagens funcionais em tr√™s dimens√Ķes de √≥rg√£os, sistemas ou mesmo de todo o corpo. O sistema detecta raios gama emitidos indiretamente a partir da emiss√£o de um p√≥sitron oriundo de um radionucl√≠deo (no caso do PET) ou f√≥ton (no caso do SPECT) o qual √© injetado no corpo em conjunto com uma mol√©cula biologicamente ativa. Este sistema possibilita a jun√ß√£o de imagens funcionais e anat√īmicas permitindo a visualiza√ß√£o de processos metab√≥licos diversos em alta resolu√ß√£o.
Estado atual: Em processo de instalação do aparelho e treinamento da equipe.
Professor respons√°vel: Alysson Roncally Carvalho.

 

Plataforma de High-Content Analysis (HCA)

Modelo: Plataforma automatizada composta pelos pipetadores JANUS Varispan e JANUS MDT (Perkin Elmer) e pelo microscópio de fluorescência ImageXpress Micro (Molecular Devices)
Descri√ß√£o: O sistema de manipula√ß√£o de l√≠quidos possui dois pipetadores: JANUS Varispan (capaz de pipetar at√© 1 ml com 4 ponteiras independentes) e Janus MDT (capaz de pipetar at√© 235 ml com uma cabe√ßa modular de 96 ponteiras para alimentar microplacas de 96, 384 ou 1.536 po√ßos). Estes pipetadores disp√Ķem de um sistema de alimenta√ß√£o autom√°tico com capacidade para 50 microplacas. Ainda estes equipamentos se encontram dentro de fluxo de press√£o positiva o que garante um ambiente adequado.

O microsc√≥pio de fluoresc√™ncia (ImageXpress) tem instaladas objetivas de 4x, 10x, 20x e 40x e filtros DAPI, FITC, Tx, Cy3 e Cy5, possibilitando a aquisi√ß√£o de imagens fluorescentes e label free de c√©lulas fixadas ou vivas, captura de v√≠deos ‚Äútime-lapse mode‚ÄĚ. Isto √© poss√≠vel porque o equipamento conta com c√Ęmera ambiental de controle de temperatura, umidade e concentra√ß√£o de gases.
Professor respons√°vel: Emiliano Medei. - Viviane Guimar√£es Gomes

 
     
     
   
     
2017 - Todos os direitos reservados.