buscar
“As mais avançadas tĂ©cnicas de imagem para estudos de sistemas biolĂłgicos, da molĂ©cula ao organismo inteiro.”
“Infraestrutura cientĂ­fica Ășnica na AmĂ©rica Latina.”
 
     
 
     
 
Estudantes ficam "de frente" com Nobel de quĂ­mica

Por LĂșcia Beatriz Torres
 
"Ganhar um PrĂȘmio Nobel Ă© melhor do que vencer a Copa do Mundo ou conquistar a medalha de ouro nos Jogos OlĂ­mpicos!” – ressaltou o cientista Kurt WĂŒthrich, Nobel de QuĂ­mica 2002, durante um bate-papo com estudantes promovido pelo Museu CiĂȘncia e Vida do municĂ­pio de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro. Segundo WĂŒthrich, apesar de jĂĄ ter proferido inĂșmeras palestras e conferĂȘncias pelo mundo a fora, tanto antes quanto depois de receber o Nobel, essa foi a primeira vez que teve a oportunidade de falar para alunos do ensino mĂ©dio. 
 
Para Kurt WĂŒthrich, que jogou em uma liga de futebol atĂ© beirar os 50 anos de idade, a grande a diferença entre a ciĂȘncia e o esporte Ă© que no esporte vocĂȘ treina para obter bons resultados e na ciĂȘncia vocĂȘ tem que "curtir". "Procurem algo que seja divertido pra vocĂȘs, alĂ©m do esforço e trabalho duro. Gostar do trabalho Ă© a melhor forma de obter bons resultados, seja em qual ĂĄrea escolher" – recomendou o Nobel de QuĂ­mica de 2002

Leia a matĂ©ria completa aqui: Estudantes ficam "de frente" com Nobel de quĂ­mica em Caxias.

 
     
     
   
     
2019 - Todos os direitos reservados.