buscar
‚ÄúAs mais avan√ßadas t√©cnicas de imagem para estudos de sistemas biol√≥gicos, da mol√©cula ao organismo inteiro.‚ÄĚ
‚ÄúInfraestrutura cient√≠fica √ļnica na Am√©rica Latina.‚ÄĚ
 
     
 
     
 
Estudantes da regi√£o serrana visitam o CENABIO

No dia 28 de junho, o Centro Nacional de Biologia Estrutural e Bioimagem (Cenabio) recebeu a visita de estudantes do Col√©gio Estadual Jos√© Martins da Costa, localizado em S√£o Pedro da Serra, em Nova Friburgo. Ap√≥s percorrerem 192 quil√īmetros da escola at√© a Universidade Federal do Rio de Janeiro, os estudantes foram recepcionados pelo pesquisador Emiliano Medei, respons√°vel pelo projeto de extens√£o que realiza parceria com escolas da regi√£o serrana do RJ, pelo diretor do Cenabio, Adalberto Vieyra, e pelo pesquisador Antonio Carlos Campos de Carvalho.

Estudantes do Colégio Estadual José Martins da Costa (São Pedro da Serra/NF) visitam o Cenabio

O projeto tem, como objetivo, despertar a curiosidade dos jovens pela ci√™ncia e apresentar a universidade para a sociedade, incentivando o interesse pelo Ensino Superior e pela carreira cient√≠fica. A partir de temas gerais como ‚ÄúImagens e estruturas‚ÄĚ e ‚ÄúC√©lulas-tronco‚ÄĚ, os estudantes tiveram a oportunidade de conhecer os tr√™s centros de pesquisa que integram o Cenabio. Foram apresentados aos equipamentos de microscopia, visitaram os equipamentos de imageamento, aprenderam como s√£o detectadas c√©lulas-tronco e manusearam o microsc√≥pio para a visualiza√ß√£o de c√©lulas.

No Cenabio III, os t√©cnicos respons√°veis conversaram sobre conceitos gerais de microscopia e trouxeram algumas curiosidades como, por exemplo, sobre como acontece a forma√ß√£o de imagens na tela do celular. A visita durou o dia todo e despertou grande interesse nos jovens, que tinham idade entre 13 e 19 anos e cursavam do 9¬ļ ano do Ensino Fundamental ao 3¬ļ ano do Ensino M√©dio. Os jovens almo√ßaram no Restaurante Universit√°rio, vivenciando o ambiente universit√°rio de forma mais ampla.

No Cenabio III, estudantes aprendem técnicas de microscopia

Em question√°rio realizado ap√≥s a visita, 70% declarou que gostou muito e 30% declarou que gostou da atividade. Mais da metade dos estudantes (57%) consideraram os temas propostos muito interessantes e 43% consideraram interessantes. Sobre os temas que os estudantes gostariam de saber mais, foram citados o cora√ß√£o, o c√©rebro, o corpo humano, funcionamento das c√©lulas, resson√Ęncia, cardiologia, avan√ßos cient√≠ficos e teorias que est√£o em fase de cria√ß√£o, c√©lulas tronco, infarto, transporte de microsc√≥pios, organismos geneticamente modificados, entre outros. Cinco estudantes indagaram sobre experimenta√ß√£o animal e questionaram o uso de ratos e camundongos.

Sobre o interesse pela ciência, 68% dos estudantes declararam que já gostavam de ciência antes desta atividade e 73% declararam que modificaram seu sentimento pela ciência para melhor após a atividade.

A parceria do INBEB com o Col√©gio faz parte das atividades de extens√£o do Instituto ‚Äď que conta com o apoio da Faperj ‚Äď e inclui ainda a realiza√ß√£o de cursos de f√©rias e palestras de pesquisadores da UFRJ na escola. A visita de escolas da regi√£o serrana ‚Äď dos munic√≠pios de S√£o Pedro da Serra, Lumiar e Vargem Alta ‚Äď ao Cenabio costuma acontecer uma vez a cada semestre. Al√©m disso, a cria√ß√£o de um laborat√≥rio did√°tico de ci√™ncias na Col√©gio Estadual Jos√© Martins da Costa tamb√©m foi fruto desta parceria.

 

Por Gabriela Reznik (Ascom/INBEB) - Publicado em 07/07/2017

 
     
     
   
     
2017 - Todos os direitos reservados.