buscar
“As mais avançadas técnicas de imagem para estudos de sistemas biológicos, da molécula ao organismo inteiro.”
“Infraestrutura científica única na América Latina.”
 
     
 
     
 
Estudo mapeia campo da microscopia no Brasil

Estudo coordenado pelos pesquisadores do INBEB Kildare Miranda e Wanderley de Souza e por Bruna Fonseca, do CDTS-FIOCRUZ, traçou um panorama das pesquisas de microscopia realizadas no Brasil. Combinando bibliometria e análise de redes, os autores analisaram as publicações dos últimos dez anos sobre o campo. Os resultados mostram um aumento significativo de estudos na área, com predominância em ciências dos materiais e ciências da vida. O trabalho, “Mapping the Brazilian microscopy landscape: A bibliometric and network analysis”, foi publicado no periódico Micron. A autoria é de Priscila C. Albuquerque.

Segundo Miranda, a motivação foi a necessidade de um estudo sistemático e mais detalhado da área. “A microscopia cresceu muito no Brasil e no mundo. Esse crescimento demanda uma organização estratégica para evitar sobreposições de investimento, redundar onde for necessário (instrumentos mais simples devem existir em todas as instituições), fortalecer os grupos mais produtivos, fomentar o surgimento de centros regionais que trabalhem em rede, dando suporte e transferindo conhecimento para instituições participantes da rede”, explica.

O artigo pode ser lido no link a seguir: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0968432818303810

 

Tabela A: Total de artigos científicos que usaram técnicas de microscopia publicados no mundo e por pesquisadores brasileiros entre 2007 e 2016.

 

Fig 4. Mapa dos termos usados nos artigos analisados.

 
     
     
   
     
2018 - Todos os direitos reservados.